RECEBA NOSSA NEWSLETTER

BLOG DA LEN

Tudo sobre branding, comunicação e marketing digital

Os 21 maiores erros das empresas ao enviarem email marketing

9 minutos | 26 de janeiro 2018 | , | Diego Fávero

Share

Quantos emails marketing você recebe por dia? E quantos deles chega a abrir? Sem falar os que vão direto para sua caixa de spam… Enviar email marketing requer uma série de técnicas, que devem ser aplicadas de forma correta e erros que devem ser evitados na hora de criar e enviar. Separamos uma lista com os 21 maiores erros que empresas cometem ao enviarem email marketing. Confira abaixo e faça seu check list!

 

1 – Comprar listas de email

Não compre lista de email. Jamais! Ninguém gosta de receber email marketing de quem nunca ouviu falar e o produto não interessa para ele. Isso só suja a imagem e a reputação de sua empresa. Construa sua lista do zero. Com pessoas que
realmente pediram para receber seus emails.

 

2 – Assunto longo demais

O assunto (subject) deve ter no máximo 50 caracteres. Além disso, não escreva em caixa alta e evite palavras como “grátis, gratuito, compre, oferta, promoção”. São palavras que são classificadas como spam.

 

3 – Assuntos sensacionalistas

“Você não pode deixar de ser isto!”. “Te contei?”. “Tenho certeza que você vai gostar”.
Com certeza, grande maioria das pessoas que receberem um email com esses assuntos, irão abri-los. Mas isso não é um bom sinal. Assuntos com apelo de abertura criam falsas expectativas e geram frustrações do leitor, colocando sua mensagem
no spam.

 

4 – Esquecer de colocar o preview da mensagem

O preview da mensagem trata-se do texto inicial que aparece no email quando alguém ainda nem clicou na sua mensagem para abri-la. Inicie com um texto (100 caracteres) atraente que será a atratividade do leitor abrir ou não seu email.

 

5 – Deixar o endereço de email (From) com noreply@/naoresponda@

Esse erro é clássico e geralmente feito quando o email não possui uma pessoa assinando. O leitor gosta de receber emails e ter a liberdade de poder respondê-lo sempre que achar necessário. Aqui na LEN, o Eduardo é quem geralmente assina nossos emails e responde todos, quando necessário! 🙂

 

6 – Email que se concentra em produtos e não no cliente

Não importa se o seu email marketing é sobre um produto. Use sua criatividade para que esse seu produto seja inserido em um contexto atrativo onde o foco da mensagem é o benefício que ele trará para o leitor; e não suas características.

 

7 – Imagens pesadas

A internet hoje é mais rápida do que há uns 5 anos? Sem dúvidas. Mas nem todo mundo estará com um bom sinal no celular quando for abrir seu email. Cuidado com o tamanho das imagens! Reduza ao máximo seu peso.

 

8 – Enviar imagem como conteúdo

Apenas 33% dos seus contatos aceitarão imagens no email. Isso significa que seu email será exibido como uma caixa vazia com grandes chances de não ser lido por até 67% do público do seu envio.

 

9 – Frequência dos disparos

Enviar muitos emails em um curto período pode deixar seu leitor irritado e nem abrir metade deles.

 

10 – Envio de poucos emails

Ao contrário do envio excessivo de emails, deixar de enviar emails com uma frequência de pelo menos quinze dias, com certeza, faz com que seus contatos esqueçam de você.

 

11 – Erros de português

Se você quer ser visto como uma empresa confiável, revise seus emails. Uma vírgula pode até passar, mas erros grosseiros podem destruir sua credibilidade.

 

12 – Erros de formatação

Não ache que a fonte de seu computador vai ser vista por todos que receberem seu email marketing. Use fontes que são “padrões” de sistema como, Arial, Verdana, Comic Sans, Georgia. Tome cuidado também nos códigos em CSS, que são um pouco diferentes aos usados em sites.

 

13 – Não segmentar o mailing

Um dos erros mais comuns é não segmentar o mailing e enviar o mesmo email para todos da sua base. Segmente por exemplo por sexo, região, profissão, idade e faça emails de acordo com cada sementação. Imagine algém de Recife recebendo seu email marketing falando sobre sua escola de idiomas, em São Paulo.

 

14 – Enviar para contatos que não deram permissão

Você acaba de voltar de uma reunião de negócios, com diversos cartões de visita e resolve cadastra-los em seu mailing para receberem a newsletter da empresa. Antes de fazer isso, peça um “aceite” para eles contando sobre sua news e se aceitam recebê-la.

 

15 – Não limpar sua base de emails

Sua lista têm milhares de emails? Mas será que todos eles ainsa são válidos? As pessoas mudam de emprego constantemente e sua base de emails vai ficando defasada. Enviar emails para um email inexistente faz com que suje sua reputação e seja um “bounce” (email inválido). Há diversas empresas e softwares que podem fazer essa higienização para você.

 

16 – Continuar enviando para quem nunca abriu

Emails desengajados devem ser retirados de sua base. Quem nunca abriu, nunca abrirá seu email. Pode ser que esteja indo para a caixa de spam diretamente ou talvez, seus emails não são relevantes para o destinatário. Enviar somente para engajados aumenta suas taxas de abertura e conversões nas métricas a serem medidas.

 

17 – Não conter um CTA

Todo (eu disse to-do) email marketing deve ter um link/botão de ação/mensagem de ação, seja no começo, meio ou final da mensagem. CTA (call to action) é a ação que você espera que o leitor tome ao ler seu email. Ir para seu site? Responder seu email? Fazer uma compra? Deixe isso bem claro na mensagem.

 

18 – Usar palavras que possam cair no spam

Há uma série de palavras que devem ser evitadas em seu email marketing para que não caia diretamente no spam. Veja algumas: ganhar dinheiro, compre já, bônus, oferta, aberto agora, dê uma olhada, tempo limitado, oferta de emprego, crédito, débito, $$, ligue agora, trabalhar em casa…. São mais de 100!

 

19 – Colocar muitos links

Já dissemos que um email sem um CTA é um grande erro. Mas, uma mensagem com muitos links podem ser consideradas como spam! Por segurança, coloque no máximo 3 links no corpo de sua mensagem.

 

20 – Não colocar um formato de texto simples

Nem todos os leitores de emails aceitam imagens. Alguns servidores de empresas bloqueiam imagens e até links dos emails recebidos. Para evitar que seu email marketing perca o sentido, coloque em seu código fonte um formato de texto simples do email. Isso faz com que todos os leitores recebam e leiam sua mensagem corretamente.

 

21 – Ignorar o mobile

Hoje, 43% das pessoas verificam emails em seus smartphones todos os dias e mais de 40% dos usuários de apps de email verificam o email quatro ou mais vezes por dia. Faça seu email marketing e teste em diversos dispositivos móveis. Use a tecnologia “responsiva” para que sua mensagem se adapte em qualquer formato de tela.

 

Podíamos ter feito uma lista de 30, 40 ou 50 erros. A variedade de desatenções que cometemos – muitas vezes por falta de tempo – pode fazer com que todo o trabalho criado seja alvo de uma mensagem jamais lida pelo destinatário. Fazer email marketing pode parecer simples, mas exije uma série de fatores que devemos levar em conta como um “check list” que mostramos acima. Dá trabalho? Dá, e muito.

Você pode estar lendo tudo isso e imaginando quem de sua equipe irá tomar como nota nos próximos emails enviados. Ou pior: não ter braço suficiente para criar, revisar, testar, refazer, enviar e medir os resultados. Não se desespere. Hoje existem agências especializadas em comunicação digital para lhe ajudar com suas demandas. Enviar email marketing exige técnica, conhecimento e ferramentas especializadas para que o sucesso ocorra de ponta a ponta.

Nós estamos preparados para tudo isso. E você?

 

 

Você pode se interessar também por:

Share

Deixe seu comentário


Busca




^